Soluções

Não basta querer fazer algo,

é preciso saber oque,como e quando o fazer.

Um consultor, como qualquer outro profissional ligado à área empresarial, deve ter como característica pessoal o que se chama de “CHA” no estudo da administração de empresas, ou seja, deve possuir conhecimentos,  habilidades e atitudes.

O comportamento de um consultor deve exteriorizar valores, emoções e seu conhecimento. É preciso ter a capacidade de se comunicar dentro da empresa de forma produtiva, porém tranqüila, deixando claro a todos os colaboradores que está comprometido com seu trabalho, que acredita no que faz, e está disposto a ajudar a empresa. O posicionamento como um colega dos demais funcionários, como o de alguém que está ali para ajudá-los, é imprescindível para que estes criem confiança e não atrapalhem no seu trabalho.

O método se divide em 54 semanas de atividades distribuídas em 5 áreas gerenciais ( Planejamento, Financeiro, RH, Marketing e Execução de serviço) 14 ferramentas, 12 relatórios e 6 palestras. O acompanhamento se deve a visitas semanais com as entregas das ferramentas os devidos treinamentos bem como o acompanhamento e leituras dos dados para posterior planejamento e definição de estratégias gerenciais.

As habilidades do consultor devem estar focadas preferencialmente nos métodos e instrumentos utilizados, no compartilhamento de idéias e informações sobre a empresa, na criação de um clima favorável, na gestão dos recursos disponíveis e na motivação. Sendo a Consultoria é o serviço de apoio aos gestores ou proprietários de empresas, para auxiliar nas tomadas de decisões estratégicas, com grande impacto sobre os resultados atuais e futuros da organização. O foco da consultoria é definir a melhor alternativa de ação num ambiente de negócios repleto de incertezas, riscos, competição e possibilidades desconhecidas, que representam para os gestores da empresa um problema complexo e de grande importância.